quinta-feira, 9 de abril de 2015

Depilação Egípcia

 

Conhecida também como depilação tailandesa, indiana, ou egípcia. Sabe-se que a técnica começou no oriente, mas não exatamente onde.069

É um técnica milenar para depilação dos pêlos, que se utiliza de linha (comum de costura) para a depilação.

A depilação egípcia está novamente em alta, pois, as técnicas que utilizamos atualmente são mais agressivas e trazem malefícios a longo prazo. A depilação com linha tem sido muito indicada por dermatologistas pois não há riscos de manchar à pele.

Pontos Favoráveis:

- retira quase 100% dos pelos, pois, a linha consegue pegar mesmo os pêlos mais fininhos;

- Não precisa esperar os pelos crescerem, como na depilação com cera, mesmo pêlos muito pequenos conseguem ser retirados;

- Não macha a pele, a linha encosta na pele, mas se enrola somente nos pêlos, não danifica a pele, ao contrário da cera, que no puxão retira a primeira camada da pele;

- Pode depilar quem está fazendo tratamento dermatológicos para a pele como peelings e lasers. (exceção de depilação definitiva);

-o pêlos são arrancados da raiz, o que com o tempo vai enfraquecendo e rareando a quantidade;

Pontos Desfavoráveis:

- A dor é geralmente mais intensa do que a depilação com cera, no entanto cada pessoa tem seu limiar, então para algumas dói mais outras menos.

- Por ser uma técnica manual de precisão, não é possível fazer em grandes áreas como pernas por exemplo.

release estrias